Scroll Top

Locais a Visitar

Veja aqui alguns dos principais locais de interessa na zona de Sagres.

Locais na Ponta de Sagres:

Fortaleza de Sagres

Classificada como Monumento Nacional, a fortaleza original do Infante D. Henrique, datada do século XV, foi destruída durante as incursões de Sir Francis Drake às costas sul de Espanha e Portugal durante o século XVI, tendo sido reconstruída durante os séculos XVI a XVIII.

 

Rosa dos Ventos

Atribuído ao Infante D. Henrique, este círculo com 43 metros de diâmetro e 32 raios feitos com pedras, foi descoberto em 1921. É conhecido como rosa-dos-ventos, embora alguns estudiosos acreditem que tenha sido um relógio solar.

 

Igreja de Nossa Senhora da Graça

Construída sobre as fundações da igreja original de Santa Maria, mandada construir pelo Infante D. Henrique, esta igreja do século XVI ostenta uma imagem de S. Vicente vinda do convento do Cabo de S. Vicente. Nela pode ver-se o sepulcro de um capitão espanhol do século XVI que ajudou a defender a fortaleza dos ataques de Sir Francis Drake em 1587 e o túmulo de dois comandantes da fortaleza durante o século XVII.

 

Locais no Cabo de São Vicente:

Fortaleza

O Rei D. João III ordenou a construção desta fortaleza no século XVI para proteger o convento franciscano contíguo dos ataques dos piratas. A porta principal ostenta o brasão do rei. A torre foi destruída por Sir Francis Drake e reconstruída no século XVII.

 

Farol do Cabo São Vicente

Originalmente construído em 1846, o farol foi ampliado e modernizado desde então. É considerado um dos faróis mais potentes da Europa e vigia uma das rotas comerciais mais movimentadas do mundo.

 

Locais arqueológicos na região de Sagres:

Monumentos megalíticos

A paisagem em redor de Sagres é pródiga em vestígios do passado pré-histórico algarvio, confirmando a crença de que os promontórios de Sagres e do Cabo de S. Vicente eram antigos locais de devoção. Diversos menires e cromeleques datados dos séculos IV a III a.C. estão espalhados pela região, sendo os exemplares mais notáveis os que se encontram em Aspradantas, Milrei, Padrão e Monte dos Amantes.

Ruínas romanas

O nome de “Sagres” deriva do nome sagrado dado pelos Romanos a este promontório, Promontorium Sacrum, local onde o pôr-do-sol fazia as águas fervilhar. As ruínas mais importantes da região incluem uma residência, termas e tanques de salga de peixe na Boca do Rio, bem como vestígios de uma residência e de tanques de salga de peixe na Praia de Salema. A praia do Martinhal contém vestígios de um grande centro de cerâmica com três fornos usados para a produção de ânforas, e nas pequenas ilhas em frente ao Martinhal também se encontram ruínas de tanques de salga de peixe.

GuestCentric - Hotel website & booking technology
VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant